Área de desenvolvimento de produtos busca engenheiros de confiabilidade

3 12 2010

São Paulo – A valorização do setor de desenvolvimento de produtos dentro das empresas com operação no Brasil deve puxar a demanda por engenheiros de confiabilidade.

Com a missão de prever problemas e defeitos em produtos, essa especialização surgiu na década de 60 para servir aos setores militar e aeroespacial. “Era preciso levar e trazer em segurança equipamentos e astronautas”, afirma Claudio Spanó, diretor executivo da ReliaSoft no Brasil.

No Brasil, por enquanto, os engenheiros de confiabilidade são mais requisitados na área de manutenção. “Eles fazem análises para entender quando o equipamento pode falhar. E, com base nisso, definem os planos de manutenção”, diz.

Segundo o especialista, atualmente, apenas 25% das empresas contratam profissionais com este perfil para atuar na área de desenvolvimento de produtos. No entanto, a tendência é que esta diferença inverta ou se equipare nos próximos anos.

Para atuar nessa área é preciso ter graduação em engenharia mecânica ou elétrica, além de especialização em engenharia de confiabilidade.

Por enquanto, apenas a PUC Minas oferece uma pós-graduação lato sensu voltada para área, o curso Confiabilidade Aplicada à Indústria Brasileira. A ReliaSoft, empresa especializada no setor, também ministra cursos de curta-duração e treinamentos em engenharia de confiabilidade.

Fonte: http://exame.abril.com.br/carreira/galerias/profissoes-em-alta/area-de-desenvolvimento-de-produtos-busca-engenheiros-de-confiabilidade


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: