A Empresa

9 11 2010

Um bebê foi encontrado na porta de uma empresa ao amanhecer. O Diretor soltou o seguinte comunicado:

De: Diretor
Para: Recursos Humanos

Acusamos o recebimento de um bebê de origem desconhecida. Formem uma comissão para investigar.
a) se o recém-nascido é fruto do trabalho da empresa
b) se existe algum funcionário envolvido.

Depois de um mês de investigações a comissão enviou ao diretor o seguinte relatório:

De: Comissão de Investigação
Para: Senhor Diretor

Depois de 4 semanas de investigação concluimos que o bebê NÃO PODE SER FRUTO DESTA EMPRESA, pelos seguintes motivos:

a)Em nossa empresa nada foi feito com prazer e amor;
b)Em nossa empresa duas pessoas jamais colaboraram tão intimamente entre si;
c)Aqui nunca foi feito nada que tivesse pé nem cabeça;
d} Em nossa empresa jamais foi feita alguma coisa que ficasse pronta em 9 meses!

(publicado na Revista Exame – agosto/2000)

Qual a reflexão que podemos fazer deste texto?


Ações

Information

One response

9 11 2010
Fabio Mariano

Digamos que refletir sobre cronogramas de planejamentos, definiria o aparcecimento deste bebê. Ater-se a plenjamentos a suas datas e prazos de conclusão de cada etapa, devem ser seguidas a contento, caso contrario, o “bebê” que foi planejado não vai nascer com o propósito de crescer e fortalecer o progresso da familia empresa. Resumo: Dedicar-se, envolver-se, e relacionar-se bem dentro da organização, certamente nascerão projetos(bebês) de sucesso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: