Gol Rallye

5 10 2010

Com novo conjunto de suspensão e pneus, hatch ficou mais esportivo.
Preço de R$ 40.370 é ‘salgado’, mas está na mesma faixa dos rivais.

Milene Rios Do G1, em São Paulo

Gol Rallye
Gol Rallye chega em outubro (Foto: Divulgação)

Enfim, o Gol parece ter ganhado um rival à altura. O novo Fiat Uno, lançado em maio, está ‘apertando’ o carro mais vendido do país há 23 anos. Na primeira quinzena de setembro, a diferença de vendas entre os dois modelos é de um pouco mais de 200 unidades. Para se ter uma ideia, são comercializadas, em média, 750 unidades de cada um dos hatches por dia, ou seja, bastam poucas horas de vendas para este cenário mudar.

Para voltar a respirar aliviada, a primeira resposta da Volkswagen é a reedição de uma receita que já deu certo no passado: o Gol Rallye. O carro com perfil off-road nasceu em 2004 e em dois anos chegou a 13 mil unidades. Em 2007, a série voltou para completar a gama da quarta geração, mas foi limitada a três mil modelos. Desta vez, a marca alemã diz que é o consumidor quem vai ditar a quantidade que será produzida e o tempo de mercado da nova versão que, segundo estimativa da fabricante, deve representar 5% das vendas totais do Novo Gol.

À frente do Gol Rallye está o Renault Sandero Stepway, que ‘nasceu’ em 2008, e a versão ‘aventureira light’ do Uno, a Way, que de acordo com a Fiat representa 23% do mix de vendas do modelo, mesmo com o valor ‘salgado’. O Uno, com motor 1.4, parte de R$ 32.480 e chega a R$ 36.321 na configuração semelhante ao do Gol, com desembaçador e ar quente, direção hidráulica, preparação para som e alto-falantes, vidros dianteiros elétricos, faróis de neblina, rodas de liga-leve e adesivos na carroceria.

A partir de R$ 40.370, o Rallye, oferecido apenas com propulsor 1.6, traz de extra no pacote de série sensor de estacionamento, regulagem de altura e profundidade do volante e repetidores de setas nos retrovisores, itens que não estão na lista de opcionais do modelo da Fiat. Com ar-condicionado, o preço do novo compacto da marca italiana sobe para R$ 38.518 e o da série da Volks chega a R$ 43.030, na versão manual e R$ 45.690 com a transmissão automatizada (I-Motion), o mesmo valor cobrado pelo Sandero Stepway, oferecido apenas na versão 1.6 manual, que tem com diferenciais rodas de 16 polegadas, pneus de uso misto, barra de teto e estribos laterais.

Gol RallyeNova suspensão e pneus deixam o hatch um pouco mais rígido ao dirigir  (Foto: Divulgação)

Com preços equilibrados, a diferença está mesmo ao volante. Para fazer jus ao apelo off-road, a suspensão da nova série foi elevada em 28 mm o que aumentou para 171 mm a altura livre do solo com o veículo vazio e 146 mm, quando carregado. Para compensar a elevação do centro de gravidade, que torna o carro mais instável nas curvas, a engenharia adotou novas molas e os amortecedores, deixando-os mais duros, além de rodas de 15 polegadas. Os pneus, que também são novos, têm perfil mais baixo em relação a versão normal e estão mais sensíveis às irregularidades do piso. Todas esses mudanças deixaram o hatch com dirigibilidade mais esportiva e ainda mais distante do rodar demasiadamente macio do Uno e Sandero.

Gol RallyeGol Rallye (Foto: Divulgação)

A esportividade também está presente na cabine. O revestimento interno do teto e das colunas é em tom preto, os assentos e as portas receberam novo tecido, o painel ganhou pintura texturizada e os comandos e o quadro de instrumentos trazem iluminação com LEDs. A inscrição da versão aparece na manopla do câmbio e na parte superior dos bancos. Para os passageiros da fileira de trás a novidade são luzes de leitura individuais.

Na carroceria, a série é caracterizada pelos adesivos na parte inferior da lateral, grade preta com o nome da versão em uma faixa prata, como adotado no Saveiro Cross, para-choque com faróis de neblina integrados, aerofólio traseiro, ponteira do escapamento cromada e lanternas escurecidas. Outra novidade é a cor amarelo que a fabricante apelidou de Solaris, uma das cinco opções disponíveis.

Gol RallyeGol Rallye (Foto: Divulgação)

Na disputa entre o Gol Rallye e o Uno Way não está em jogo apenas o título de carro mais vendido do Brasil, mas também de marca líder do segmento de ‘aventureiros leves’ que, segundo a Volkswagen, cresceu 463% de 2005 a 2009. Apesar de a Fiat ser a pioneira desse mercado, com o lançamento do Palio Adventure em 1999, é a Volkswagen que lidera a fatia com o CrossFox. O modelo off-road fechou 2009 com cerca de 26% de participação nesse mercado e uma média de 110 mil unidades vendidas por ano, o que corresponde a 30% do total de vendas do hatch.

Fonte: http://g1.globo.com/carros/noticia/2010/09/primeiras-impressoes-volkswagen-gol-rallye.html


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: