Empresário ou Executivo? Perfis incompatíveis?

21 10 2009

Há anos, numa viagem aos EUA li um artigo que infelizmente não recortei. Era uma análise sobre o desenvolvimento de carreira de ex-alunos da Duke. Passados 15 anos da graduação, mediram os principais fatores que impactavam sua remuneração. Experiência internacional, idiomas, MBAs e tantos outros aspectos foram medidos, mas o que causava maior impacto (praticamente dobrava o nível de remuneração) era o fato do executivo ter, durante algum período de sua carreira, desenvolvido algum empreendimento próprio.
Comecei minha primeira empresa com 25 anos, e ao vendê-la, aos 34, voltei ao mercado corporativo graças a meu networking. Mas confesso que não foi uma experiência fácil. Parece-me que no Brasil tornar-se um empresário é um caminho sem volta, e “voltar a ser executivo” é sinônimo de insucesso. Ouvi opiniões desta natureza até de alguns dos principais profissionais de outplacement com quem tenho contato.
Gostaria de entender como profissionais de Executive Search entendem esta situação: um empresário voltar ao mercado como executivo. É sinônimo de fracasso empresarial, ou o capacita para vôos maiores?

Fonte:  Renato Lapa Claro – Linkedin

Equipe Rh Automotive


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: