Transição de carreira: Como é possível mudar de mercado de trabalho? Qualificação acadêmica ajuda, mas seria o suficiente?

1 10 2009

Ola amigos e parceiros,

Esta semana foi bem turbulenta para os negócios, como é em toda 1ª semana do mês, mas faz parte do processo!

Conversando por aqui e por ali, lendo algumas coisas, decidi lançar esse questionamento:

Transição de carreira: Como é possível mudar de mercado de trabalho? Qualificação acadêmica ajuda, mas seria o suficiente?

Em uma mercado que esta reaquecendo bem mais rápido do que se imaginavam, muitos profissionais de Outubro de 2008 para cá, decidiram investir em outras qualificações profissionais, buscaram recolocações em outro segmento sem ser o automotivo, principalmente os profissionais de logística.

Como se da esse processo? Será que você foi uma destas pessoas que decidiram dar um novo start em sua vida profissional, explorar novos horizontes?

Abrindo mais a pergunta, para que todos possamos discutir e chegar a um concenso, o que é realmente necessário para realizar uma transição de carreira, depois de uma graduação, pós e até um MBA? Será que realmente vale a pena? E o que te faria mudar de área, se é que algo o faria mudar?

Vamos continuar este tópico analisando as resposta e discutindo encima.

Equipe Rh Automotive

Anúncios

Ações

Information

5 responses

4 10 2009
Yuri

Apenas gostaria de avisar a todos para não se inscrevevem em programas de seleção de uma grande empresa produtora de motores em Guarulhos pois ela é uma das piores empresas para se trabalhar no Brasil !!!

5 10 2009
Alcio Orlando Pittol Silva

Bom dia
Parabéns por essa iniciativa.
Quanto a mudança de profissão eu acho um tanto traumática, pois normalmente quando se faz a opção por uma determinada carreira profissional e feito toda uma preparação através de cursos, palestras e treinamentos normalmente específicos a função e isso logicamente demanda anos no aprendizado e atualização de mercado.
Eu particularmente sou especializado no ramo têxtil e de confecção, tenho hoje 54 anos e encontro grandes dificuldades de colocação no mercado mesmo tendo atuado nas principais empresas do setor, diante disso o esforço tem que ser enorme para readaptação em um novo segmento apesar dos conhecimentos obtidos ao longo do tempo.
Alem dos conhecimentos técnicos sou especializado em liderança de equipes no trabalho.

Abraço

6 10 2009
Marcello Menezes

Acho interessante fazer um up-grade na qualificação acadêmica como Pós- MBa etc, mais hoje infelizmente o inglês e Primordial, pois estou tentando uma nova recolocação e peco na hora do inglês.

16 10 2009
Wagner

Boa tarde a todos,
Eu concordo em parte com o Alcio, o problema não é se adaptar a uma nova situação profissional, o GRANDE problema é alguém te dar essa chance.
Trabalhei por 5 anos na Procter & Gamble, uma grande empresa do setor de Femme & Baby care, lá vi diversas situações de Job rotation. Vi muitas pessoas assumindo áreas que não tinham a ver com o dia a dia, mas eles aceitaram como forma de desafio. Acho que é dessa maneira que uma mudança de área dever ser encarada, como um desafio, desde que alguém lhe dê essa chance.
Abraço a Todos.

19 10 2009
Rh Automotive

Em poucas palavras o Wagner, expressou bem uma realidade, que envolve uma escolha e disposição, dentro deste tópico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: